Feliz de quem tiver uma PEDRA em SAGRES
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vila do Bispo recebe o 5th International Tsunami Field Symposium 2017



















No seguimento e cumprimento de Protocolo de Colaboração firmado em outubro de 2014 entre o Município de Vila do Bispo e a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o Concelho vilabispense irá apoiar e receber o 5th International Tsunami Field Symposium 2017, uma iniciativa que se apresenta como um encontro científico, de escala internacional, que reúne cerca de 80 investigadores e académicos das áreas da Sismologia, da Sismografia, da Geologia, da Geoarqueologia, entre outras, que à escala global estudam fenómenos naturais conhecidos por “tsunamis”.
Na sua edição de 2017, o encontro terá lugar na cidade de Lisboa, na componente teórica, e em saídas de campo práticas, no dia 6 de setembro, precisamente em dois locais do Concelho de Vila do Bispo: no paul da Boca do Rio, em Budens, e no paul do Martinhal, em Sagres. O interesse específico por estes locais prende-se com o facto de preservarem exemplares registos do tsunami gerado pelo grande terramoto de 1755, sendo o exemplo da Boca do Rio um Caso de Estudo de referência a nível global, há décadas conhecido e estudado, em particular por investigadores associados à Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.
No próximo dia 6 serão abertas trincheiras para visualização dos níveis de depósito sedimentar gerados pelo tsunami de 1755, aproveitando-se a oportunidade para a recolha de amostras estratigráficas para futura integração museológica – projeto EPAC | Equipamento Público de Ação Cultural | O Celeiro da História de Vila do Bispo.
Com o referido apoio o Município também garantirá a promoção internacional do Concelho de Vila do Bispo por via da oferta, aos conferencistas, de materiais de divulgação turística, bem como pela integração do seu logótipo e vídeo promocional no portal do evento.
Além do alcance científico, esta iniciativa terá um justo retorno social numa perspetiva de educação/sensibilização para a temática dos sismos e tsunamis. Como se sabe, o território de Vila do Bispo integra-se numa área de elevada sensibilidade sísmica. Os pósteres científicos produzidos para o Simpósio serão partilhados com o Município para futura utilização em ações destinadas à comunidade loco-regional, particularmente às escolas, com vista à transmissão de conteúdos relacionados com as temáticas investigadas e com corretas condutas de Proteção Civil.
O Departamento de Geologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, na qualidade de membro do Comité Organizador do 5th International Tsunami Field Symposium, também convidou o Município a participar neste evento, designadamente com uma comunicação no próprio Simpósio. A comunicação assumirá o formato de Poster Científico intitulado “The Human occupation at paleo-estuary of the Boca do Rio (Vila do Bispo, Algarve, Portugal)” (A ocupação humana no paleoestuário da Boca do Rio), da autoria dos investigadores João Pedro Bernardes (Professor da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve), Felix Teichner (Professor da Philipps-Universität Marburg) e Ricardo Soares (arqueólogo do Município de Vila do Bispo). O poster será apresentado em Lisboa e em plena Boca do Rio, numa visita interpretativa ao sítio arqueológico guiada pelos referidos autores.

Exploração Topográfica da Gruta de João Vaz (Raposeira)

No seguimento de notícias anteriores, e como já referido, desde os finais do século XIX que a elevada apetência arqueológica dos contextos cavernícolas do território concelhio de Vila do Bispo se encontra perfeitamente reconhecida. Porém, o grau de conhecimento e o panorama da investigação das nossas cavernas mantêm-se praticamente inalterados desde então.
Em 2014, o eminente potencial arqueológico do mal conhecido endocarso do extremo sudoeste da Europa começou finalmente a ser investigado, segundo metodologias necessariamente científicas e sistemáticas.
No âmbito do projeto de investigação, de iniciativa municipal, designado por "Carta Arqueológica do Concelho de Vila do Bispo", ao longo dos dois últimos meses encetámos uma campanha de reconhecimento e de exploração de grutas situadas nas nossas paisagens geológicas.
O passado fim-de-semana foi dedicado à área costeira da Raposeira... nos dias 5 e 6 de agosto demos início ao processo de exploração, interpretação, descrição e topografia da Gruta de João Vaz, a poente da Praia da Ingrina.

Os trabalhos vão prosseguir nos próximos meses, siga esta nossa aventura pelo Tempo Geológico e Arqueológico, assista ao nosso vídeo documental:



História do Mês de Agosto | Notícia sobre um Peso de Pesca pré-histórico recolhido na Lapa dos Porcos, uma gruta no Zambujal (Raposeira)

A ‘História do Mês consiste numa iniciativa expositiva do Centro de Interpretação de Vila do Bispo iniciada em janeiro de 2015 onde, mensalmente, se apresenta um objeto e um associado discurso informativo. Além da divulgação, valorização e partilha de determinados apontamentos e curiosidades da memória coletiva do território, pretende-se, com esta iniciativa, provocar hábitos de visita ao nosso equipamento cultural.

No mês de agosto continuamos a dar conta dos nossos trabalhos em torno das grutas de Vila do Bispo, desenvolvidos no âmbito do projeto "Carta Arqueológica do Concelho de Vila do Bispo", em particular sobre a primeira evidência artefatual que comprova a elevada apetência arqueológica das cavidades cársicas do nosso Concelho. Aqui damos notícia da descoberta de um peso de pesca pré-histórico, produzido em pedra calcária e assinalado na "Lapa dos Porcos", uma gruta da costa sul, na Raposeira.

Venha observar este interessante e raro objeto, visite-nos no Centro de Interpretação de Vila do Bispo !!!